óculos de sol ciclista Fenty Puma

O óculos de sol ciclista é tendência na high fashion em 2018

  • Data do post 5 de outubro de 2018
  • Deixe um comentário 0 comentários

Os óculos de sol esportivos – aqueles de lentes coloridas e reflexivas – adotados primeiramente por ciclistas e pilotos de motocross, foram sucesso na década de 90 e início dos anos 2000. Pegando carona na pochete, acessório hype abraçado pelas marcas de streetwear, essas armações quadradas de cores completamente inusitadas voltaram a fazer parte de coleções e desfiles super relevantes.

óculosdesol-1

A Rihanna, no ano passado, desenvolveu a coleção cápsula Fenty PUMA SS18 em uma estética de motocross, dos uniformes aos acessórios (claro que os óculos de sol não ficaram de fora). Nesse fashion film, você confere o resultado. Stella McCartney foi outro nome a apostar nesses óculos unissex e desenvolveu a linha autoral ‘Turbowrap’, de cores vibrantes com referência ao esporte, a partir de materiais de baixo impacto ambiental – plásticos biodegradáveis 100% recicláveis (conheça aqui nossa coleção a partir de acetatos reaproveitados). <3

óculosdesol_2

Em fevereiro, a designer francesa vencedora do prêmio LVMH, Marine Serre, em sua coleção pautada pelo upcycling (leia sobre a prática nesse post antigo daqui do blog). “Manic Soul Machine”, também apresentou suas versões de óculos de sol espelhados, que casou super bem os tecidos de segunda mão selecionados por sua produção. Até mesmo Kim Kardashian tem uma parcela de culpa nessa popularização, marcando presença no desfile de Virgil Abloh para Louis Vuitton SS19, vestindo um modelo bem expressivo.

óculosdesol_4


A Dazed conta com uma matéria completa, que analisa todo esse movimento cíclico da moda, falando especificamente desses óculos de sol, que foram projetados para a alta performance e acabaram virando hit fashion. A matéria aponta para um comportamento de nós, consumidores, que flertamos com o irônico, aderindo com propriedade o que nunca foi pensado para nós. 

óculosdesol_3

Nós buscamos manter sempre o equilíbrio entre ouvir os sinais do mercado, as tendências da moda, e continuar produzindo de uma forma consciente com responsabilidade social. Mas é fundamental, enquanto designers, acompanharmos de perto as inovações – em termo de armação, material, comunicação e tudo que envolva fazer de um óculos, muito mais do que um óculos. 

Quem sabe não aparecemos um dia usando um óculos de sol como esses, rodando pelas ruas de Botafogo de bicicleta em um dia de verão do Rio. Acho que ia cair super bem. <3

Deixe uma resposta